Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Design e outros Desvarios

Tape

Tapo_04.jpg

 

Eu tive um hamster chamado Tadao Ando. E chamava-se assim simplesmente porque o arquiteto Tadao Ando tinha um cão de nome Corbusier. Enfim, coisas de arquitetos. Ora, o meu hamster, apesar de ser tão pequenino que passava por entre as grades, tinha - apenas para dormir e pouco mais, que ele gostava muito de passear - uma casinha muito bonita, com mezzanine e pé-direito duplo, e uma série de tubos coloridos que lhe permitiam sair da casa num certo ponto e entrar pelo lado oposto. Sempre tive vontade de andar num sistema de tubos assim. 

 

 

Tapo_05.jpg

 

A memória desse meu lindo bichinho surgiu assim que vi esta instalação criada no Des Moines Art Centre, edifício desenhado pelo arquiteto I. M. Pei. 

 

Tapo_07.jpg

 

A exibição chama-se Drawing in Space, e é da autoria de três artistas e de um coletivo: Dave Eppley (Nova Iorque), Monika Grzymala (Berlim), Numen/For Use (Viena, Zagreb) e Heeseop Yoon (Nova Iorque). Esta instalação consta da criação de um sistema de circulação tubular, que se cria por intermédio de suspensão de uma espécie de rede transitável feita de...fita adesiva (Tape). Os visitantes podem circular pelo edifício, não por meio de escadas, corredores e elevadores, mas sim por intermédio desta estrutura ali criada.

 

Tapo_09.jpg

 

A sua forma orgânica e translúcida contrasta com os elementos arquitetónicos tão retilineos e ordenados, sendo que o facto da sua natureza apresentar um resultado branco translúcido permite um diálogo harmonioso da paleta cromática do conjunto. 

 

Tapo_12.jpg

 

Tapo_01.jpg

 

Uma das instalações que mais me gerou a vontade de conhecer pessoalmente!

 

:)

 

 

Imagens