Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DESIGN E OUTROS DESVARIOS

THERE ARE 360º, SO WHY STICK TO ONE? - ZAHA HADID

DESIGN E OUTROS DESVARIOS

THERE ARE 360º, SO WHY STICK TO ONE? - ZAHA HADID

14
Nov18

BOHEMIAN RHAPSODY (SEM SPOILERS)

Hoje tinha planeado falar de um tema completamente diferente mas...

ontem fui ver o filme Bohemian Rhapsody.

Eu já esperava um bom filme mas...

 

...fiquei colada à cadeira! No final, não me movi até o último acorde ter soado (e pensava "como são capazes de sair enquanto ainda há música na sala??" até me parecia uma falta de respeito).

 

...confesso que uma ou outra lagrimita insistia em saltar...

 

...quando saí quase não falei para não dispersar aquela sensação de deslumbramento, só conseguia dizer, baixinho: brutal...

 

...hoje, a banda sonora do gabinete é, claro, Queen!

 

Ponham som, carreguem em play. Com música, as palavras são desnecessárias.

 

 

:)

 

09
Nov18

Porque as joias são eternas...

 

AnnaKarlin_capa.jpg

 

 

Ainda falta algum tempo para o Natal e eu tento não me entusiasmar demasiado cedo com a quadra, sob pena de entrar num estado precoce de saturação. Mas nada como pensar nos presentes atempadamente e evitar o caos de véspera. Mais, o meu Dezembro é repleto de aniversários de pessoas próximas! Posto isto, e porque comecei já a pensar nos presentes a dar e nos que gostaria receber (sim, é um recado mal dissimulado para alguém que sabe quem é), hoje trago algumas marcas de joias que - segundo o meu ponto de vista - apresentam designs bastante interessantes. A primeira que vou falar é uma marca espanhola, que me foi apresentada por uma amiga e na qual já fiz compras: a compra online correu sempre bem. Mas também trago marcas portuguesas das quais gosto e que quero divulgar, porque é importante promover o que é nosso. E também trago alta joalharia de uma designer da qual já falei aqui, na altura do seu mobiliário e iluminação, hoje das suas joias: Anna Karlin.

 

Para oferecer ou para escolher, espero que gostem das sugestões.

 

 

 

07
Nov18

Yayoi Kusama, o nosso próprio espelho

LV_YK.JPG

 Fonte

 

Este ano foi lançado o filme sobre a artista japonesa Yayoi Kusama, Kusama: Infinity. Ela é conhecida essencialmente pelo seu padrão de bolinhas, aliás, frequentemente é referida como a princesa das bolinhas, e talvez um dos momentos de maior atenção do grande público sobre o seu trabalho tenha sido com a concept store da Louis Vuitton em Nova Iorque, assinalando a colaboração da artista numa das suas coleções. Neste momento com 89 anos, é uma das artistas mais credenciadas, e uma referência na arte contemporânea Japonesa, mas nem sempre foi assim. Aliás, o seu percurso é bastante dramático, e a sua arte é a canalização de todos os seus traumas e episódios negativos que contam, entre eles, com tentativas de suicídio. O seu percurso é um exemplo incrível de transmutação: de tanta negatividade, surge tanta beleza!

 

 

 

31
Out18

Whisky

WHISKY_07a.jpg

 

A minha relação com o whisky ainda é recente e parca. Até há bem pouco tempo, para mim, o whisky era aquela bebida que, em tempos, o cardiologista do meu avô lhe recomendou - em pequenas quantidades e de boa qualidade - para controlar a espessura do sangue. Remédio, portanto.

Foi apenas há poucos anos atrás que provei o que os especialistas chamam de bom whisky. E dei-lhes razão. 

 

 

 

29
Out18

The future is coming

pav_01.jpg

 

Quando, no meu 12º ano (já havendo decidido que seguiria arquitetura apesar de ter escolhido Científica e Natural), a minha professora me dizia carinhosamente - quando me apanhava distraída - que no futuro iria perceber que as ciências iam ser muito importantes para a minha área, eu estava longe de perceber quanta razão ela tinha!

 

 

 

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow

Pesquisar