Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DESIGN E OUTROS DESVARIOS

THERE ARE 360º, SO WHY STICK TO ONE? - ZAHA HADID

DESIGN E OUTROS DESVARIOS

THERE ARE 360º, SO WHY STICK TO ONE? - ZAHA HADID

23
Jan19

Claus Porto NY: parabéns!

Claus_Porto_02.jpg

 

Olá de novo e Bom Ano! Bem sei que estamos quase no final de Janeiro, mas sinto que ainda vou a tempo. Estes últimos tempos tem sido bastante agitados, e sentia que precisava de um tempo de redução de velocidade na minha vida, por uma questão de gestão e canalização de energias. Uma espécie de balanço de fim (e início) de ano. E as redes sociais sofreram. Mas eu acredito que também é bom de vez em quando fazer uma paragem (em tudo), para calibrar e reorientar.

MAS:

de novo ao ritmo normal, trago, para inaugurar 2019 com uma boa notícia:

uma loja portuguesa que está entre as mais bonitas do mundo:

 

estou a falar da Claus Porto em Nova Iorque

 

 

 

27
Dez18

"Milla" de chocolates

Milla_CloseUps_Aug5th_035.jpg

 

Em primeiro lugar: Boas Festas! Espero que o Natal tenha sido fantástico por esses lados. E espero, mais ainda, que 2019 traga muitas surpresas boas para todos.

Em segundo lugar: chocolates! Falar de doces por estas alturas talvez pareça algo inapropriado, mas chocolate é algo que, para mim, nunca é demais! E se for chocolate com design...numa loja premiada...confirma-se: nunca é demais!

 

 

 

04
Dez18

Maçaroca Mercearia Viva

Macaroca_09.jpg

 

Na semana passada fui ao Porto em trabalho, e aproveitei para combinar um lanche com uma amiga. Cosmopolita e sempre atualizada, sugeriu um espaço muito interessante: Maçaroca Mercearia Viva, em Ramalde. Este é um espaço dedicado aos produtos orgânicos, desde alimentares, passando por detergentes e até tem cosméticos, de venda a granel, mas que também tem, ao fundo da loja, uma cafetaria muito aconchegante. Como cheguei cedo, aproveitei o tempo e deu uso à máquina fotográfica, com a conivência de todas as funcionárias, simpatiquíssimas, que não perderam o sorriso quando eu disse que "não era grande blogger".

 

 

 

26
Nov18

Adega real, de fantasia

Wine01.jpg

 

Lembro-me de uma conversa de grupo, numa aula de primeiro ano de projeto, na qual estávamos a tecer considerações sobre o terreno que nos haviam atribuído para o desenvolvimento dos nossos projetos (que naquela altura ainda eram projetos de projetos). Desde uma das frentes do terreno, avistava-se o antigo edifício de uma fábrica, abandonada, em ruínas e em bastante mau estado. Quase todos estavamos de acordo em eliminar aquela vista. Porque era feia, abandonada...logo, o nosso edifício voltar-lhe-ia as costas. Até que o professor nos disse algo muito óbvio, mas que naquela altura pareceu muito novo: não é solução ignorar o que não gostamos, fazendo de conta que não existe. A solução está em conseguir integrar a realidade tal como ela é. 

Esta história seria o mote para muitas e variadas reflexões, pois tantos aspetos da vida se poderiam resumir nesta conclusão. No entanto, lembrei-me deste episódio quando estava a ler sobre a história desta adega particular. Porque, este espaço tão cénico provém de um antigo bunker militar, de armazenameto de armas e munições, primeiro ocupado pelo exército Polaco, e posteriormente tomado pelos Russos, depois da Segunda Guerra Mundial. É que este espaço está na Lituânia. 

 

 

 

23
Nov18

Refúgio no parque

LAC_CASTORS_02.jpg

 

Bem sei, há dois dias atrás estava a falar de viver permanentemente em frente ao mar, num refúgio de verão que invocava os dias mais quentes e agora: estamos na neve do parque Mount Royal, em Montreal, Canadá. Mas que seria a vida sem viragens inesperadas? E se um por do sol à beira-mar numa tarde de verão é O Paraíso, um refúgio aconchegante num parque nevado é uma experiência igualmente sedutora.

 

 

 

19
Nov18

CHRISTMAS TIME

Natal.jpg

 

Já entrámos oficialmente em época natalícia lá por casa. E o tamanho da mesma não foi impeditivo!

Desde este verão, estamos a viver num pequeno apartamento no centro da cidade, no qual cabe tudo. Tudo tem o seu lugar próprio, as roupas estão devidamente arrumadas, a cozinha tem tudo o necessário para refeições saudáveis e deliciosas, e os meus cremes e artigos de beleza estão todos no seu lugar, como comentei aqui. Até temos um pequeno home cinema improvisado, espaço para abrir o colchão de fitness e um pequeno jardim (micro, para se sincera)! E há uma grande percentagem de chão vazio o que, juntando a um grande espelho e duas amplas janelas, transmitem a sensação de um espaço maior do que é na realidade. Logo, também temos espaço para a decoração de Natal! Essa, claro, também em tamanho mini. Mas suficiente.

 

 

 

09
Nov18

Porque as joias são eternas...

 

AnnaKarlin_capa.jpg

 

 

Ainda falta algum tempo para o Natal e eu tento não me entusiasmar demasiado cedo com a quadra, sob pena de entrar num estado precoce de saturação. Mas nada como pensar nos presentes atempadamente e evitar o caos de véspera. Mais, o meu Dezembro é repleto de aniversários de pessoas próximas! Posto isto, e porque comecei já a pensar nos presentes a dar e nos que gostaria receber (sim, é um recado mal dissimulado para alguém que sabe quem é), hoje trago algumas marcas de joias que - segundo o meu ponto de vista - apresentam designs bastante interessantes. A primeira que vou falar é uma marca espanhola, que me foi apresentada por uma amiga e na qual já fiz compras: a compra online correu sempre bem. Mas também trago marcas portuguesas das quais gosto e que quero divulgar, porque é importante promover o que é nosso. E também trago alta joalharia de uma designer da qual já falei aqui, na altura do seu mobiliário e iluminação, hoje das suas joias: Anna Karlin.

 

Para oferecer ou para escolher, espero que gostem das sugestões.

 

 

 

07
Nov18

Yayoi Kusama, o nosso próprio espelho

LV_YK.JPG

 Fonte

 

Este ano foi lançado o filme sobre a artista japonesa Yayoi Kusama, Kusama: Infinity. Ela é conhecida essencialmente pelo seu padrão de bolinhas, aliás, frequentemente é referida como a princesa das bolinhas, e talvez um dos momentos de maior atenção do grande público sobre o seu trabalho tenha sido com a concept store da Louis Vuitton em Nova Iorque, assinalando a colaboração da artista numa das suas coleções. Neste momento com 89 anos, é uma das artistas mais credenciadas, e uma referência na arte contemporânea Japonesa, mas nem sempre foi assim. Aliás, o seu percurso é bastante dramático, e a sua arte é a canalização de todos os seus traumas e episódios negativos que contam, entre eles, com tentativas de suicídio. O seu percurso é um exemplo incrível de transmutação: de tanta negatividade, surge tanta beleza!

 

 

 

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Follow

Pesquisar