Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Design e outros Desvarios

Fine & Candy

“Durante séculos, o ser humano aprendeu a gerir a mão para desenhar e escrever bem, por isso faz-nos imensa impressão estar-se a esquecer essa parte. O papel é um meio de expressão, um meio de poder riscar. Como passamos tanto tempo em frente ao ecrã do computador, estamos a deixar de poder riscar, e para nós rasurar é fundamental, é andar à volta das ideias. Nesse sentido, o caderno acaba por ser muito pessoal.”

CEO and More - Artur Miranda

(Fine & Candy)

 

 

 

F&C_notebooks.PNG

 

 

Esta frase está no site da Fine & Candy, uma empresa portuguesa com produtos de papelaria feitos à mão. Ora eu, que tenho sempre o bloco como uma extensão de mim própria, (que me recuso comprar uma carteira linda de morrer só porque "não ia caber aqui o bloco"!!!), que considero o trabalho manual uma mais valia que se está a perder e que aprecio o bom design (e considero que esta empresa o faz), e principalmente o que é português, não podia deixar de a trazer para aqui. Não, o post não é patrocinado (eles nem sabem que eu existo), mas eu sei que eles existem. 

 

 

F&C_intersection.jpg

 

 

F&C_intersection01.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para melhorar, os objetos podem ser personalizados

 

F&C_sinete.jpg

 

Aconselho uma visita ao site deles, mas aviso já que pode ativar instintos consumistas! Pessoalmente, eu fiquei de olho no caderno INTERSECTION, adorei a simplicidade e a textura, mas se só pudesse escolher um, seria o carimbo personalizado SINETE, porque é redondinho e seria perfeito para o meu logotipo profissional

 

IMG_20161107_125813-01.jpeg

 

 

 

Fica aqui uma sugestão de presente de Natal, já que a quadra se aproxima a passos largos

 

:)

 

 

Imagens do site

 

4 comentários

Comentar post

MENSAGENS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

foto do autor