Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Design e outros Desvarios

E se o Moutinho tivesse falhado?

O Capitão da Seleção Nacional assumiu o risco de chamar para a marcação de grandes penalidades um jogador física e mentalmente em baixo. Qualquer um pode falhar, mas e se tivesse sido ele? Ficaria ainda mais em baixo, provavelmente não estaríamos nesta fase do campeonato e o Cristiano teria sido culpabilizado. Que atitude! Que risco assumido! Que força! Mais ainda quando se trata de um desporto com esta projeção, com o peso e os olhos da nação! 

 

Mais do que a forma atual, mais do que os resultados no imediato, conta a postura e a garra! E os números de longo prazo, provando que o esforço, a crença e o trabalho árduo sabem compensar os que se sujeitam a eles de uma forma constante. Amado por muitos, invejado por outros tantos que procuram sempre um qualquer argumento para o apequenar (e com isso sentirem-se menos mal consigo próprios, é a única explicação que encontro), o Cristiano é um exemplo!

 

Por vezes fico a pensar: e se todos tivéssemos esta postura na vida? E se todos trabalhássemos tanto para alcançar os nossos sonhos? E se todos tivessemos vontade de "agarrar o touro pelos cornos", assumíssemos claramente os nossos objetivos e fossemos até ao fim por eles? "E se perdermos, que sefoda!" Tentámos outra vez, e outra e outra! E se o medo de errar não nos deixasse paralisados? 

 

Todos chegaríamos ao seu nível, cada um na área dos seus sonhos? Provavelmente não, mas certamente chegaríamos mais longe do que esperado. Mais longe do que os outros esperariam de nós.

É fácil? Não! Eu faço sempre isto que prego? Também não, quem me dera! Faço-o sempre que consigo! 

 

Muitas vezes penso: se quem perde tempo a criticá-lo por assumir claramente os seus objetivos (em detrimento daquela falsa modéstia "politicamente correta"), ou a elaborar textos que tentam provar que no fundo ele é infeliz, como aquele jornalista espanhol, ou a julgar o seu modo de vida (como se os restantes mortais fossem um exemplo de integridade e apenas ele não tivesse direito à sua intimidade e a fazer o que quiser da sua vida)...se essas pessoas usassem o tempo que gastam a criticá-lo a trabalhar para si mesmas, para seus sonhos...não seríam - seríamos, em sociedade - mais felizes? E realizados e bem sucedidos? 

 

E o Moutinho? Apesar de estar anímicamente em baixo, marcou o penaltie! Se é difícil, em competição, manter a confiança, recuperá-la é ainda mais! Muito mérito! E os restantes elementos da Seleção Nacional? Tem demonstrado garra e vontade! Empatámos sempre? Ok, nunca perdemos! Se merecíamos estar aqui? Passámos a fase de grupos e conseguimos ganhar até agora: claro que o lugar é merecido! 

 

E fora do núcleo "seleção nacional"? Eu acredito que Portugal tem muitos Cristianos Ronaldos, muitos Pepes, muitos Quaresmas, muitos Moutinhos. E acredito que hoje vamos estar todos juntos a torcer pela nossa seleção! Eles representam-nos bem! E eu vou ficar de novo com dores de barriga! Sei que não serei a única! E ainda bem que assim é! Venham mais dores de barriga destas!!!! 

 

 

10 comentários

Comentar post

MENSAGENS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

foto do autor