Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Design e outros Desvarios

Design de abrir o apetite

 

 

lego_bakery_14.jpg

 

Quando era pequena, era uma menina mimada. Assumo! Principalmente pelo meu pai. Eu sempre fui a pequenina dele (ainda agora, que sou alta, continuo a ser a sua "piquininha"). Era também, no entanto, algo matreira: eu sabia que se ficasse doente, podia pedir um brinquedo, porque sempre o receberia! E era a primeira coisa que pedia quando acordava com febre! Não me culpem, era apenas o meu sentido de oportunidade a funcionar...e para compensar as inúmeras vezes que me deixavam a chorar com o "não" inflexível a gomas e demais guloseimas (o que eu, hoje, lhes agradeço por isso)! Dos dias em que estava doente, recordo com carinho os momentos em que eu pedia ao meu pai para me contar "histórias de História, daquelas a sério" - e foi daí que aprendi o que sei sobre as Guerras Mundiais, quem foi von Braun... - e de ter os brinquedos novos. Há dois que eu recordo com especial carinho: a Caixa de Magia e a Caixa de Legos!

 

 

As construções que eu fiz com os legos! Tantas e tantas vezes! 

 

E o espaço de hoje trouxe-me à memória esses momentos...os momentos dos Legos e dos mimos...

 

(nada temam, dizem os comentadores imparciais que de mimada guardo pouco - apenas um ou outro cada vez mais raro momento de individualismo advindo do fato de ser filha única, que eu tento identificar e anular rapidamente devido à consciência que não sou filha única do mundo, apenas dos meus pais)

 

lego_bakery_e.jpg

 

Este espaço situa-se em Kyoto, Japão, e destina-se à produção e comércio de uma espécie de queijadinha. O público pode ver a cozinha, observar a sua confeção, e depois comprar os que já estão prontos e expostos, numa mesa feita de milhares de peças de Lego! Tivesse eu uma mesa destas na minha infância, ainda estaria por aquele quarto nestas alturas da vida...

 

lego_bakery_b.jpg

 

lego_bakery_a.jpg

 

O método construtivo do espaço é claramente Japonês. As treliças de madeira são construíds segundo a técnica "Shitaji-Mado", típica da região e que dota o espaço com um grande sentido de pertença aquele local. Neste espaço tão simples, claro e de linhas retas, é realmente a mesa, com pés de madeira e apoiada num mural de betão, que lhe confere o elemento de destaque. Mais ainda com os seus tons: preto, branco e cinzento. 

 

lego_bakery_d.jpg

 

lego_bakery_g.jpg

 

 

O criador deste espaço foi o arquitecto japonês Yusuke Seki, que desde 2008 abriu o seu próprio gabinete em Tóquio.

 

lego_bakery_j.jpg

 

lego_bakery_c.jpg

 

Depois disto...terei sido a única a sentir uma repentina vontade de sair em busca e captura de uma queijadinha?! 

 

 

 

 

 

Imagens

 

 

 

9 comentários

Comentar post

MENSAGENS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

foto do autor